Jorge de Faria

Jorge de Faria

O décimo volume da Colecção de Biografias do Teatro Português é dedicado a Jorge de Faria (1888-1960), um nome de referência no universo da crítica teatral em Portugal. Entre os anos 20 e o final dos anos 50 do séc. XX, foi colaborador de vários jornais, aí publicando crónicas e críticas que revelam ser da maior importância para o conhecimento do nosso passado teatral. A sua perspetiva analítica pauta-se por uma observação metódica e uma argumentação sólida, assente numa profunda cultura, o que contribuiu para o lugar de destaque que lhe é reconhecido.
Colecionador compulsivo, principalmente de tudo o que dizia respeito ao teatro, Jorge de Faria possuía, no final da sua vida, milhares de documentos e uma imensa biblioteca. Parte deste espólio foi doado à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Isabel Vidal, autora deste volume, narra circunstanciadamente esse processo, concluído com a cerimónia de inauguração, em 1965, da Sala Dr. Jorge de Faria, hoje Instituto de Estudos Teatrais/Sala Dr. Jorge de Faria, e sublinha a riqueza e importância desta coleção, “considerada por alguns a melhor de Portugal no seu tema e única na Europa”.

2020
Isabel Vidal, Ana Isabel Vasconcelos (ed), Maria João Brilhante (ed)
Colecção de Biografias do Teatro Português