Ciclo de Conferências - Manifestações de Sexualidade(s) nas Artes

Manifestations of Sexuality(s) in the Arts

Efeitos e consequências de ordem estética, ética  política

Este segundo ciclo de conferências está integrado na última etapa de uma investigação de pós doutoramento, de Bruno Schiappa, que pretende questionar a relação entre Arte e Sociedade. Tendo partido de uma relação limitada ao Teatro e Sociedade, Schiappa reconheceu que se tratava de uma relação mais lata uma vez que a Arte em geral tem impacto na construção da sociedade e do indivíduo, nesta ordem ou na inversa. O espaço e tempo de expressão que a Arte oferece, resultam num laboratório de (re)conhecimento do(s) indivíduo(s) e da sua psicologia. Eros e Thanatos estão interligados desde uma vez que um tem as pulsões de vida que o outro depois faz desvanecer. Essas mesmas pulsões estão associadas à líbido conforme isolada por Freud. É a partir deste mote, dos teatros da mente e do corpo que este ciclo propõe questionar como pode a Arte continuar a dialogar com o público sobre a(s) sexualidade(s) e, também, que sexualidade(s) poderão surgir num período pós pandémico.

A 1ª conferência, subjacente ao tema "Pensar a(s) Sexualidade(s) e como a(s) podemos (re)conhecer através das Artes", questiona e revisita o conceito de sexualidade. Confunde-se com a atividade sexual ou mais com a fantasia e o desejo? E como se podem identificar, na sua diversidade, as várias sexualidades, a partir de pequenos indícios ou de energias performativas? Como e em que medida, o (re)conhecimento dessa diversidade de sexualidade(s)altera ou molda o nosso pensamento? Haverá ainda lugar a uma apresentação informal e, ainda, não oficial, do MSTsite, que está a ser construído desde 2018 e que irá funcionar como depósito de contributos e das etapas da investigação, além de apresentar uma extensa bibliografia sobre o tema. O ciclo contará ainda com conferências de Rui Cintra, Maria João Brilhante e Luís Castro.

File