Fausto: uma existência digital

Fausto: Uma Existência Digital

Entidade financiadora: Fundação Calouste Gulbenkian (Processo nº 139699)
Investigador Responsável: José Camões
Unidade de Investigação: CET – Centro de Estudos de Teatro
Duração: 10-07-2015 a 30-06-2016 (12 meses)
Financiamento: 14.000 euros
Resumo:O projecto foi desenvolvido em conjunto com a Cátedra Fernando Pessoa da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade dos Andes, contando, ainda, com a colaboração da Casa Fernando Pessoa, e foi financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (Pº 139699). Teve como objectivo a inventariação de fragmentos que constituem o Fausto de Fernando Pessoa, novas transcrições e sua disponibilização na Internet.Os fragmentos foram transcritos após o estabelecimento de critérios, convergentes com os adoptados nas edições críticas da obra de Fernando Pessoa. Desenvolveu-se uma aplicação informática que permite visualizar simultaneamente o original e a transcrição, aparato genético, notas históricas e de contextualização que poderão gerar propostas de novas organizações textuais, preenchendo uma lacuna na investigação actual dos estudos pessoanos e facultando o conhecimento dos textos fora de Portugal, onde a obra dramática de Pessoa é praticamente desconhecida.