Revista de Estudos Literários - Estudos Ibéricos: Diálogos Plurais

Revista de Estudos Literários - Estudos Ibéricos: Diálogos Plurais

O Amante Despedido: Quiñones de Benavente em Portugal nos séculos XVII e XVIII de José Pedro Sousa

O trabalho que se pretende levar a cabo, pese embora se consideram os mais recentes avanços nos Estudos de Teatro, filia-se numa perspetiva literária de análise do texto dramático, tendo como objeto de estudo central um entremez anónimo, manuscrito, intitulado O Amante Despedido. Trata-se, na verdade, de uma tradução para português do entremez de Turrada, de Luis Quiñones de Benavente, um dos mais prolíficos entremezistas dos Siglos de Oro. O estudo do manuscrito português e a colação com o texto de Quiñones permitirá:

1) aprofundar o conhecimento sobre o teatro breve e os seus circuitos de transmissão textual;
2) completar o trabalho sobre a receção de dramaturgos espanhóis em Portugal nos séculos XVII e XVIII, atentando num autor que, apesar dos méritos reconhecidos pela academia espanhola, só recentemente tem merecido a atenção da crítica portuguesa;
3) prosseguir com a identificação de estratégias de tradução de teatro, procurando contribuir para uma compreensão mais alargado do fenómeno translatório, considerando a sua especificidade genológica e o contexto histórico em que se insere.

Referência: Sousa, José Pedro, "O Amante Despedido: Quiñones de Benavente em Portugal nos séculos XVII e XVII", Revista de Estudos Literários - Estudos Ibéricos: Diálogos Plurais (António Apolinário Lourenço e Antonio Saez Delgado coords.). Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, pp. 389-423. DOI: https://doi.org/10.14195/2183-847X_11_0.2 [URL]

2021
José Pedro Sousa, António Apolinário Lourenço(Coord.), Antonio Saez Delgado (coord)
Investigador